Polícia investiga morte de homem após receber alta de hospital

Por G1 Sul de Minas, Machado, MG

 

 

A Polícia Civil abriu um inquérito para investigar a morte de um homem que morreu após receber alta e ser deixado em casa por uma ambulância da Santa Casa de Machado (MG). De acordo com a família, Fábio Benedito Batista da Silva, de 31 anos, morreu antes mesmo de entrar na residência, na tarde deste sábado (18).

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, a família de Fábio contou que ele era dependente alcoólico e estava internado desde a última terça-feira (14), mas recebeu alta e foi conduzido para casa. Quando chegou, deixou o veículo e ficou sentado na calçada, onde foi encontrado já inconsciente momentos depois pelos familiares.

Uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionada, mas os médicos relataram que quando chegaram ao local encontraram o paciente já sem sinais vitais. A perícia foi acionada e o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para a realização de uma necropsia.

Em nota, a Santa Casa de Machado afirmou que Fábio “era etilista crônico e estava internado com desidratação, desnutrição, bastante ictérico, com anemia, alterações hepáticas e renal”. Ainda segundo o hospital, a vítima ficou internada por cinco dias e apresentou melhora do quadro clinico, sendo “liberado para tratamento domiciliar e ambulatorial”.

A Santa Casa afirmou ainda que a ambulância é gerenciada pelo hospital, mas todo o custo de combustível e funcionário é administrado pela Secretaria de Saúde através de convênio com hospital.

Em contato com a EPTV Sul de Minas, a secretária de Saúde de Machado, Maria Odete Maciel, informou que vai ouvir todos os funcionários envolvidos para depois se pronunciar.

Enviar comentário

voltar para Home

left show fwR|tsN fwB right|left show fwR|bnull||image-wrap|news login fwB tsN fwR tsY uppercase|fsN fwR uppercase|uppercase|news login fwR uppercase|tsN fwR uppercase|b01 uppercase bsd|content-inner||